quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

ESPERTALHÃO

O esperto, sempre está perto, quase nunca está certo.
Sua esperteza no inicio é uma beleza, no final uma tristeza.
É figura conhecida, simples de identificar, é só observar:
Para ele tudo é fácil de alcançar, nem é preciso se esforçar.
Acha tudo muito barato, mas não paga nem o próprio sapato.
É sedutor, galanteador, mas principalmente enganador.
Vende sonhos, entrega pesadelos.
É muito visto, mas nunca encontrado.
Tem modos de parasita, sobretudo onde habita.
Não tem nome, é conhecido por 171.
Conheces um?
Claro que sim é tipo muito comum.
Concordaste comigo, então fuja do falso amigo,
achas que não estou certo, já sei, então és tu o esperto !!
Dê-me licença, preciso trabalhar,
aliás, quero te convidar para me ajudar.
Cadê você?
Vem cá, por que corres sem parar?

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

COMEÇO E FIM

O começo é muito mais do que iniciar, é almejar.
O fim é muito mais do que o encerramento, é o contentamento.
Aquele que começa com disposição, mais fácil encontra o galardão.
Aquele que termina jubilosamente, deixa o bom exemplo evidente.
Resta, enfim, uma lição, nada tem começo ou fim,
mas tudo tem uma finalidade, a vida é uma continuidade.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

EXEMPLO DO VENTRE

O ventre foi teu primeiro templo, não por acaso, mas por exemplo.
O aconchego de alguém sempre te será indispensável.
Não te arvores em viver sozinho, serás infeliz, mesmo que anuncies felicidade.
Individualidades, juntas, formam coletividades, solitárias, geram negatividades.
És social por essência, dependente de outrem, careces da boa querência.
Tua peculiar condição não te dá o direito da solidão,
foste criado para viver em união.
Quem caminha só, almeja só voltar ao pó.
Quem achegado peregrina cumpre bem a sina.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

MISTÉRIOS DA VIDA

Viverás e não conhecerás os mistérios da vida.
Não te intrigues com a situação, é normal,
trilhamos uma estrada inédita e mutacional.
Cada seara reveste-se de complexidade,
ninguém nunca dominou uma na integralidade.
Nem tente ser diferente !
A onisciência é atributo exclusivo do Onipotente.
Então viverás enganado?
Certamente não, apenas limitado.
Quem conhece os próprios limites,
está à frente de muita gente, já é suficiente.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

VAI IMIGRANTE

Vai imigrante, buscar tua sorte vai.
Leva contigo tuas esperanças,
todavia, mantém tuas lembranças.
Onde estiveres cultives teus costumes,
tradições, enfim tua raça,
é importante que assim faças.
Espalha tua essência,
começando por tua descendência.
Quem te conhecer admirará tua paixão,
verá que tua nostalgia é também tua alegria.
Na busca do novo reside um ensinamento,
de nada vale a felicidade alcançar,
se tua origem tiveres que negar.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

RESPEITO

A tua vida é dada para ser enfrentada e desfrutada,
a do próximo para ser respeitada.
O enfrentamento é o trabalho, a boa formação moral da família,
a dignidade, a correta postura social e, sobretudo, a fé.
A paz interior, conquistada por bem cumprir a jornada,
será o teu desfrute, o doce sabor dos frutos que produziste.
Trilha sempre com respeito, a tudo, principalmente com as pessoas,
iniciando na tua casa, com as tuas, assim as ensinará, teu lar solidificará.
A maior dádiva que temos é a vida, para ser vivida, enfrentada, desfrutada.
O maior benefício de respeitar é ser respeitado.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

PRÍNCIPE DOS ARES

Canta canarinho, sai do ninho,
ganhes a natureza, exibas tua beleza.
pareces frágil, mas és ágil,
Oh pequenino, teu canto é um hino,
tu o compõe e com ele se impõe.
Cativas até o insensível, és deveras aprazível,
Dá-nos uma grande lição:
A altivez não decorre da força, nem do tamanho,
mas sim da admiração que se conquista.
Se o leão reina entre os animais, imponente na terra,
tu és o príncipe, enfeitando os ares.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

GENEROSIDADE

Generosidade, expressão de bondade e de caridade.
Biblicamente prevista, sua autenticidade deve ser vista e revista.
Há quem a pratique de verdade, sem intenção escusa,
outros, e muitos, com falsidade, simplesmente a usam.
A desinteressada agiganta o Ser Humano, o enobrece,
a mal intencionada o torna carcamano, o empobrece.
É dom nato, repare que nas crianças é mais flagrante,
pela frivolidade é corroída, torna-se repugnante.
Cumpre-nos viver e não deixá-la perecer,
exercê-la com sinceridade, sem retorno pretender.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

SEGUIR

Vá sempre avante, confiante,
é nossa missão, nossa obrigação.
Vá revelando suas qualidades,
semeando bondade, honestidade.
Germinarão o amor e a sincera amizade,
será muito bem querido, enaltecido.
As amarguras passadas devem ser lacradas,
 no baú do esquecimento, não servem de fomento.
Más lembranças não constroem novas alianças,
as boas devolvem a esperança.
Com otimismo... vá !
A vitória está lá.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

PEQUENO E GRANDE

Vaidoso, teimoso,
irônico, lacônico,
agressivo, possessivo.
inseguro, imaturo.
Eis o pequeno na sua insensatez,
por tudo isso, não sairá da pequenez.
Atencioso, cauteloso,
cordial, leal,
amável, admirável,
preparado, qualificado.
Eis o grande, sempre cortês,
por tudo isso grande Deus o fez.
É comum atuarem em áreas iguais,
mesmo assim serão sempre desiguais.
O pequeno com o grande não aprenderá,
O grande pelo pequeno não se contaminará.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

PONDERAÇÃO

Tomar decisão, eis uma difícil questão,
é bom refletir, ter moderação.
O eterno apressado será apenas o eterno fracassado.
Agir de inopino quase sempre gera desatino,
cautelosamente é mais inteligente.
A diferença do bem ou do mal,
normalmente deriva do agir racional.
A experiência traz comedimento,
a sabedoria o bom discernimento.
Pare, prepare.
Pense, repense.
Enfim decida, é a sua vida.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

TEMPO

Há um tempo que passou,




 outro que virá e o de já.

Muito tempo há, 




até para passatempo.

O que passou experiência deixou.

O que virá a trará.

O atual, nosso agir aproveitará.

Alguns tempos não percebemos que passaram,

outros na nossa mente se eternizaram.

O pior tempo nunca se saberá




se já foi ou se será.

O melhor, pode ter sido aquele tempo,

ou será o próximo, ou o de agora.

Faça seu tempo, é esta a hora.



segunda-feira, 10 de outubro de 2011

SAUDADE

Saudade, sentimento da alma, dor que não acalma.
Manifesta-se por várias formas, não se conforma.
Até mesmo vivida com ternura provoca amargura.
Corrói, às vezes até dói.
Nela há uma única positividade,
só decorre de alguma felicidade.
Do que existiu e construiu,
do vivenciado e amado.
Saudade, que maldade,
fez da minha alegria cruel nostalgia.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

LÍBANO

Terra das oliveiras, das montanhas,
é uma honra que teu sangue flua nas entranhas.
Produzes as maiores riquezas da humanidade,
não materiais, mas sim espirituais, naturais.
Do teu povo jorram inúmeras qualidades,
à evidência, a fraternidade.
Terra do Mediterrâneo e de Hérmon,
pequena em geografia, gigante em ideologia.
Nenhuma outra disseminou tantos filhos,
os quais foram, venceram com determinação,
e guardaram-te no coração,
Terra da já respeitosa diversidade religiosa,
caiam, pela ação do Onipotente,
os que judiam da tua gente.
Serás sempre altiva, venerada, eternamente abençoada.
Passem os milênios, como alguns já passaram.
Ficarão tuas glórias, como muitas já ficaram.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Rompem os segundos, os minutos, as horas, os dias, os anos. Rompe a vida.
Nada volta, ficam as lembranças, boas e más, fica, às vezes, a saudade.
Na retrospectiva analisamos o que foi certo, pensando como seria se fosse diferente.
Tudo foi certo, até o que erramos, o livre arbítrio nos moveu.
Está consumado.
A prestação de contas ocorrerá oportunamente.
Se sempre acertássemos, não seriamos Humanos,
Se sempre errássemos não seríamos ungidos Divinamente.
Não há perfeição, não há exatidão.
Haverá sim o julgamento do sentimento, do mais puro,
daquele que emanou do coração.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

SAIBA PERSITIR

Persistir é virtude comportamental,
todavia, naquilo que for teu ideal
e que seja normal.
Insistir no utópico é irracional.
Buscar o que não acrescenta,
normalmente afugenta,
te faz fútil, ninguém te agüenta.
Retira-te a melhor qualidade,
a credibilidade.
A justa postulação, inversamente,
sinalizará tua determinação,
o quanto és valente.

BEM-VINDA

Bem-vinda à minha vida,
pessoa que sempre será querida.
Estejas disposta a me ajudar,
todos os dias irei te apoiar.
Sonhe o sonho meu, será o teu.
Dedique-me amor e compreensão,
dedicar-te-ei,
a candura do meu coração.
Perpetuemos nossa linhagem,
com coragem e devoção,
os próximos refletirão nossa imagem,
serão modelos da nossa formação.
Trilhemos em plena comunhão, até o final,
seremos assim, exemplo de casal.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

TURBULÊNCIA E MANSIDÃO

Turbulência rotineira é coisa pra vida inteira.
Mansidão, isso já é situação de ocasião.
Encare as agitações com paciência e sensatez,
as vencerá com persistência e lucidez.
Melhor enfrentar as oscilações,
são visíveis,
por isso são vencíveis.
Cuidado com a calmaria,
pode ser enganosa,
até mesmo ardilosa.
O sossego exacerbado
nos deixa descuidados,
até mesmo desmotivados.
Tenha em mente que a vida é uma estrada pra frente.
A paisagem nunca é igual e isso a faz sensacional.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

ACOLHIDA

Quando chega o ente distante
nossa emoção é radiante.
Procuramos dar o máximo de atenção,
o visitante merece proteção.
Sacrificamos nossa usualidade,
para que ele sinta felicidade.
Compartilhamos até o que não temos,
para agradar aquele que há muito não vemos.
Esperamos que ele,
enquanto estiver na comunidade,
possa desfrutar de boa receptividade.
Quando for embora,
leve consigo o nosso prazer em recebê-lo,
a lição da nossa afetividade.
Deixando-nos a esperança de revê-lo,
e a nossa grande saudade.

sábado, 17 de setembro de 2011

NATUREZA

Natureza, em teu âmago reside a pureza.
És exuberante, cheia de cores,
bálsamo para nossas dores,
as do corpo sara,
as da alma acalma.
Ostentas a fauna e a flora,
és generosa com quem te adora.
Em teus lagos, rios e mares,
velejam nossos cantares.
Representa harmonia, expressa alegria.
Tudo se renova quando resplandece no horizonte,
nasce, novamente, a inesgotável fonte.
Zelar de ti é primordial,
para a vida és essencial.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A CRIANÇA ENSINA

Criança, muito nos ensina.
A tenra idade não gera maldade, expressa ingenuidade.
Se chorar, mostra-nos que temos que reivindicar.
Se rir, o prazer de divertir.
A birra, lição da persistência,
a gracinha, sinal da irreverência.
Os primeiros passos, com dificuldade,
revelam que sempre deveremos ter habilidade.
Se for educada, elogiamos,
exemplo para que gentileza tenhamos.
Se for malcriada, vamos censurar,
O respeito nunca poderá nos faltar.
As letras iniciais, mal desenhadas,
mostram que o aperfeiçoamento
é o objetivo de nossas jornadas.
Crescem, se consolidam na formação,
aprendemos pois,
que a vida é um processo de evolução.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

ARROGANTE

Está sempre avante,
imponente, invencível.
Eis o arrogante:
Deprimente, desprezível.
Tudo dele é de
melhor qualidade.
Até a mediocridade.
Fanfarreia, como chateia.
Esnobador, enojador.
Rico orgulhosamente,
pobre espiritualmente.

DESPEDIDA

É chegada a hora,
vamos embora.
Foi bom estarmos aqui,
mas somos dali.
Recebemos muita afetividade,
de uma gente com amabilidade.
Levaremos pro nosso cantinho,
todo esse carinho.
Ganhamos especial atenção,
guardaremos no coração.
Se Deus permitir,
voltaremos,
e, uma vez mais,
nos emocionaremos.